06 julho, 2015

VIAJODEPENDENTE - Parte II

No final de 2014, postei um artigo onde confessava a minha dependência por viajar, conhecer novas culturas e partir aventura nestas descobertas pelo Mundo fora.

E retomando um pouco do final desse mesmo artigo onde estava a poucas horas de partir na aventura de conhecer Paris a Cidade dos Sonhos, posso dizer que de facto é um sonho estar em toda aquela imensidão de historia, beleza e romantismo, que apesar de ter ido sozinho como quase sempre, não se pode contornar essa realidade, de que é o destino ideal para poder partilhar com a tua cara metade.

Assim tendo terminado as viagens do ano de 2014 em Paris. O ano de 2015 começou bastante bem, tendo ido visitar logo no inicio do ano a cidade de Praga na Republica Checa, um encanto de cidade que para os amantes de fotografia, se torna a meu ver, uma passagem obrigatória pois tem planos de fotografia esplendidos e ímpares, com as suas cúpulas, o rio, as pontes, o castelo, etc.


Posteriormente as estas ultimas visitas (Nova Iorque, Paris e Praga), a verdade é que comecei a elevar um pouco a fasquia do que queria visitar, tendo sido isso um pequeno problema pois com essa mesma elevação consequentemente vem também o aumento dos custos. Mas passados 2 meses sem fazer qualquer viagem, partia mais uma vez para uma nova cidade, que achava eu ser interessante, e assim fui conhecer Milão, que se situa no Norte da Itália. Numa opinião muito pessoal, foi talvez a pior escolha até ao momento, pois apesar de ter um nível de vida bastante elevado, fiquei com a impressão de que apostam muito mais na Moda e no Glamour, do que no turismo, o que me deixou bastante desiludido pois tinha a ideia de que toda a Itália transpirava historia, e apesar de Milão também ter a sua quota parte na historia Italiana, esta não esta bem aproveita e achando mesmo de que não passa nas prioridades da Cidade. O que de positivo ficou foi que deu para poder fazer mais um "Check" em uma nova cidade, que apesar de não ter sido nada de esplêndido teve também alguns aspetos positivos.


Após esta pequena desilusão na ultima viagem, tinha que compensar na próxima, tendo desde logo começado a fazer uma pesquisa intensiva, de um destino que me fizesse esquecer a ultima experiência. Foi aí que apos ouvir uma publicidade da Turkish AirLines na rádio, por curiosidade fui fazer uma simulação de voo, e após constatar que a mesma iria começar no inicio do mês de Maio a fazer voos diretos do Porto para Istambul, para não falar nas fantásticas tarifas que estavam naquele momento, não pesquisei mais nada e validei a compra do voo, para não correr o risco das tarifas aumentarem. Assim em Maio fui fazer uma visita a Istambul, e sem duvida foi a melhor coisa que eu pode fazer para esquecer a má experiência de Milão. O nível de vida é extremamente acessível, a cultura além de ser diferente, e só isso a mim já me fascina, é uma cultura bastante interessante por sinal, as atracões turísticas são do melhor e apesar de ser um povo que pode ser confundido por os conflitos religiosos que os envolvem, em alguma vez senti a minha segurança em perigo.

Por fim, e tal como já referi anteriormente, com estas visitas a fasquia foi-se elevando cada vez mais e para alem de querer conhecer novas, cidades e países, estou numa fase de querer conhecer os 5 continentes, para me poder vangloriar de uma "pequena" viagem á volta do Mundo. Assim sendo estou com viagem marcada para o Dubai e posteriormente Bangkok, por forma a poder fazer um "Check" no continente Asiático.
Sim eu sei que a Turquia faz parte do  continente asiático mas o facto de fazer fronteira com a europa e parte dela ainda pertencer á Europa não fiquei com aquela sensação de ter saído do Meu Continente Natal, a Europa.

Agora tu, aproveita a vida sonhando em viajar e viajando para te libertar